• Isabella Cristina Alves da Silva

BANCO vai RESSARCIR cliente por PIX NÃO AUTORIZADO e indenizá-lo em R$ 3 mil!


O cliente ingressou com uma ação contra a instituição financeira sob a alegação de que foi realizado um PIX de sua conta bancária no valor de R$ 9.900,00 sem a sua autorização. Ele contestou a transação, mas não teve o valor restituído.


Já o banco afirmou que o fato ocorreu por culpa exclusiva de terceiros e pediu ao juiz que julgasse improcedentes os pedidos do cliente. Contudo, a juíza leiga que analisou o caso entendeu que houve falha na prestação de serviços da instituição financeira, uma vez que não foi preservada a segurança nas transações bancárias.


Segundo a julgadora, a instituição financeira limitou-se a afirmar que a conservação do cartão e da senha é de responsabilidade do correntista e a apresentar como prova o extrato bancário do autor, o que seria insuficiente para a comprovação da confiabilidade da transação.


Dessa forma, o banco foi condenado a ressarcir o cliente pelo prejuízo material em razão da fraude bancária, no valor de R$ 9.900,00, bem como a indenizá-lo pelos danos morais no valor de R$ 3 mil, de acordo com a sentença, homologada pelo juiz do 9° Juizado Especial Cível de Vitória/ES.


A intenção desse artigo é levar conhecimento jurídico para as pessoas, pois muitos desconhecem seus direitos. Por isso se você gostou ou essa informação foi útil para você clique em "Curtir o artigo" e compartilhe nas redes sociais para que essa relevante informação chegue a outras pessoas. Você também poderá fazer comentários ou indicar temas para novos artigos logo abaixo.


Processo: 5024094-21.2021.8.08.0024


Fonte:


Banco deve ressarcir cliente por Pix não autorizado. Site Migalhas - Informações: TJ/ES. Publicado em 29 de junho de 2022. Disponível em: https://www.migalhas.com.br/quentes/368850/banco-deve-ressarcir-cliente-por-pix-nao-autorizado Acesso em: 30/06/2022.


#direitodoconsumidor #golpebancario #golpefinanceiro #pixindevido #pixnaorealizado #pixdesconhecido #transacoesdesconhecidas #falhanoserviço #cobrançaindevida #desvioprodutivodoconsumidor #direito #indenizacao #danomoral #danosmorais #danomaterial #danosmateriais #advogado#advogados #escritoriodeadvocacia #advogadoonline #advogadovirtual #escritorioonline #isabelacristina #fabianomacario #fatimabarcelos #macarioebarcelosadvocia #advogadoembarramansa #advogadoemvoltaredonda #advogadoemresende #advogadosulfluminense

102 visualizações

Outras notícias

Arquivo

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey LinkedIn Icon