top of page
  • Foto do escritorIsabella Cristina Alves da Silva

HOSPITAL é CONDENADO a pagar R$ 30 mil por IMPEDIR PAI de ASSISTIR ao PARTO DO FILHO!


O juiz de Direito Bernardo Fajardo Lima, da 2ª vara Cível de Itapemirim/ES, condenou um hospital que impediu o pai de acompanhar o parto do seu primeiro filho. A empresa deve pagar indenização no valor de R$ 15 mil para cada um dos genitores do bebê, pelos danos morais sofridos.


Ao analisar o caso, o magistrado constatou, através de provas testemunhais, que não havia nada que pudesse impedir o pai de entrar na sala de parto.


Por isso, foi verificada a existência dos danos morais uma vez que houve a violação do direito da mulher de ser acompanhada durante todo o período de parto, por alguém de sua escolha, segundo a Lei Federal 11.108/05, que disciplina o SUS.


"O direito do autor de acompanhar sua esposa durante o parto, em verdade constitui uma derivação, uma decorrência do direito da parturiente de se fazer acompanhar."


Diante disso, o juiz afirmou que ocorreu uma afronta à dignidade dos pais e supressão de um momento único de suas vidas, mesmo existindo um direito assegurado a eles.


A intenção desse artigo é levar conhecimento jurídico para as pessoas, pois muitos desconhecem seus direitos. Por isso se você gostou ou essa informação foi útil para você clique em "Curtir o artigo" e compartilhe nas redes sociais para que essa relevante informação chegue a outras pessoas. Você também poderá fazer comentários ou indicar temas para novos artigos logo abaixo.


Processo: 0002260-57.2019.8.08.0011


Fonte:


Hospital é condenado por impedir pai de assistir ao parto do filho. Site Migalhas (Informações: TJ/ES). Publicado em: 09/08/2022. Disponível em: https://www.migalhas.com.br/quentes/371322/hospital-e-condenado-por-impedir-pai-de-assistir-ao-parto-do-filho Acesso em: 09/08/2022.


43 visualizações

Opmerkingen


Outras notícias

Arquivo

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey LinkedIn Icon
bottom of page